Os maiores problemas que resolvemos com Monitoramento de TI

Os maiores problemas que resolvemos com Monitoramento de TI
Os maiores problemas que resolvemos com Monitoramento de TI

Todas as atividades de uma empresa, das relacionadas à venda de produto ou serviço o às administrativas, dependem profundamente do ambiente tecnológico que estiver à disposição das operações. É um grande desafio prover, o tempo todo, a melhor solução de aplicações e de equipamentos para cada área trabalhar sem limitação alguma imposta pela tecnologia. E a concorrência está fazendo o mesmo. Mais importante do que ter os melhores recursos, é obter a maior eficiência possível com eles.

Uma empresa conectada com o mundo não é mais um diferencial no mercado; na verdade, os negócios que não tenham uma forte comunicação digital, em várias frentes, já sentem as dificuldades de conquistar e expandir as suas bases de clientes.

Esse universo de clientes está fazendo negócios através de ferramentas ágeis em smartphones, notebooks e tablets. Há pouco tempo, um site com um conteúdo qualificado de informações era a vanguarda; hoje, muitos segmentos precisam ir além com o e-commerce e os aplicativos.

Neste cenário tão dinâmico para as empresas, o gestor da área de TI enfrenta um grande desafio: a empresa deve usar as melhores soluções de equipamentos e aplicações a cada cenário que ela atravessa.

Gestão de TI eficiente: alinhada com as reais necessidades da empresa

A área de Tecnologia da Informação tem um papel fundamental em todas as estratégias e definições de trabalho de uma organização. É dela a responsabilidade de buscar os melhores recursos:

  • Que ajudem a entregar dados e informações com a melhor qualidade;
  • Que atenda os usuários no menor tempo;
  • Que sejam compatíveis com a necessidade real.

Este último item tem um peso grande nas decisões: os investimentos em TI são constantes e de alto valor, então é importante que cada definição seja feita dentro do que a empresa realmente precisa.

Isso evita soluções subavaliadas, que não atendam às necessidades e provoquem mais gasto em curto prazo em melhorias, ou superavaliadas, que gerem desperdício, prejudicando a própria imagem e o poder de TI nas decisões futuras.

Não é uma tarefa simples. E como em toda decisão estratégica, o ponto de partida é conhecer profundamente a infraestrutura de tecnologia da empresa. A solução de Monitoramento de TI é a chave desse trabalho.

Monitoramento de TI: visibilidade total para impulsionar os negócios

O Monitoramento de TI permite que a gestão tenha o acompanhamento e a visibilidade completa de todos os componentes da infraestrutura de TI da empresa.

Nessa infraestrutura estão todos os equipamentos físicos – computadores, servidores, componentes de rede, impressoras, nobreaks e outros – e aplicações – sistemas internos próprios, de terceiros hospedados na infraestrutura e que a empresa acessa remotamente em clientes ou parceiros.

Esse monitoramento é fundamental para gerir e responder com eficiência e agilidade à dinâmica das mudanças que a tecnologia impõe aos negócios dos tempos atuais.

Monitoramento preventivo e permanente: chave para ótimos resultados presentes e futuros

Ainda é uma prática na maioria das empresas a gestão de Tecnologia a partir do problema, devido a falta de uma política de monitoramento.

Ao tratar apenas os incidentes, sem poder evitá-los, colocamos as operações em riscos e que podem ter consequências imprevisíveis – maiores que o investimento em um serviço de monitoramento preventivo e permanente.

Com o Monitoramento 24×7 da NSB, a empresa terá uma área técnica dotada de sistemas e de profissionais qualificados para monitorar e alertar preventivamente sobre comportamentos indesejados de hardware e software de toda a infraestrutura de TI.

É gerada uma grande quantidade de dados, informações e alertas permanentemente e em tempo real do desempenho de cada item. Assim, o técnico percebe onde é preciso intervir antes da falha, evitando quedas de desempenho e downtime.

Por que antecipar-se é tão crucial para os resultados presentes?

  • Permite monitorar (manutenção preventiva) e perceber algum desempenho anormal, desde uma fadiga de hardware a um problema de performance de alguma aplicação;
  • Possibilita ter mais opções de solução, soluções mais simples ou de menor custo;
  • É possível corrigir o problema sem a pressão do incêndio de fato;
  • Evita gastos extras com soluções emergenciais.

Por que antecipar-se é tão crucial para os resultados futuros?

Com o monitoramento preventivo e permanente, a gestão de TI pode projetar os investimentos futuros com mais assertividade e controlar melhor os gastos necessários a curto e médio prazo.

Como podemos ver, o resultado é prevenção, mais disponibilidade e melhor desempenho do ambiente de tecnologia e, não menos importante, a valorização de TI como participante estratégico de todas as decisões da empresa.

Quais são as principais dores de cabeça que podemos solucionar com o Monitoramento de TI?

A Gestão de TI é equilibrar-se entre pilares:

  • A entrega de qualidade e segurança dos equipamentos e aplicações;
  • A busca do melhor custo sem afetar a expectativa de desempenho;
  • Buscar soluções que não fiquem obsoletas a curto e médio prazo;
  • Planejar um crescimento tecnológico constante.

No dia a dia, as armadilhas são muitas para não atingir esses objetivos e o Monitoramento de TI torna-se fundamental para evitá-las e alcançar resultados melhores continuamente. Vamos falar das principais dores de cabeça da gestão.

1 – Medir o desempenho sistêmico e individual da infraestrutura

Como saber que alguns notebook precisam ser substituídos porque não estão suportando o novo sistema? Ou perceber que o servidor já não suporta a exigência atual de uso?

O Monitoramento de TI permite que cada componente seja medido individualmente – se está atingindo as métricas esperadas – e se, de forma sistêmica, pode impactar na infraestrutura como um todo. Isso tem reflexos na performance e também na redução de custos, evitando compras fora de época e gastos com manutenção corretiva.

2 – Evitar custos emergenciais

Custo urgente é custo maior, sabemos disso. E em TI sempre são itens e serviços de alto valor, especialmente quando é para anteontem e para evitar que os sistemas continuem parados. Sem contar as horas extras dos técnicos e os prejuízos com as paralisações.

O monitoramento permite sempre investigar antes de uma potencial falha, o que permite planejar manutenções ou trocas. No planejamento, as equipes podem negociar preços com o mercado ou evitar serviços maiores porque a falha, hoje, é mais simples.

problemas-resolvemos-monitoramento-ti

3 – Impedir a sobrecarga de atendimentos

Atendimentos demandam tempo do técnico, a expectativa da solução e eventuais custos. Com um Service Desk sobrecarregado, a qualidade do atendimento tende a cair, comprometendo a decisão financeira ou optando por uma solução mais rápida e que nem sempre é a melhor.

Além disso, ainda ocorre o maior dos custos para a gestão: o desgaste das equipes de suporte com tantos incidentes urgentes e pressões diversas. Monitorando preventivamente, é possível resolver em casa os possíveis incidentes e motivar os recursos humanos da área..

4 – Potencializar a vida útil dos equipamentos

A partir de um planejamento correto, podemos definir que componentes melhor atendem às necessidades de uso das áreas e do funcionamento da infraestrutura de TI em si.

Porém, no dia a dia podemos encontrar componentes trabalhando na sua capacidade máxima por alguma configuração errada ou fato novo. Monitorando, podemos investigar e solucionar, garantindo a vida útil esperada e até mesmo superando, a partir da revisão constante da malha.

5 – Garantir o alinhamento com as regras de negócio

Essa talvez seja a mais desafiadora das dores de cabeça, pois impacta nos dois aspectos mais importantes: a performance do negócio – disponibilidade, custos e lucros – e a valorização do papel estratégico de TI nas decisões do planejamento estratégico.

Ao monitorarmos permanentemente, podemos avaliar se a infraestrutura de TI:

  1. Está atendendo os requisitos do negócio – por exemplo, o e-commerce está suportando o volume de entrada de consultas e compras ou permitindo a desistência de clientes;
  2. Está preparada para regras novas – a abertura de uma nova filial ou a implantação de um ERP.

Conforme podemos ver neste artigo, é imprescindível para as empresas de todos os segmentos contar com o Monitoramento de TI, uma solução que preserva ativos, reduz custos e mantém a tecnologia da empresa em sintonia com os negócios.

A NSB é especialista em apresentar resultados e tecnologias que dão visibilidade e proporcionam maior performance de gestão para o seu negócio. Uma empresa com soluções integradas, que oferecem em tempo real e com inteligência, os indicadores de performance que trarão riqueza de informação, redução de custos e controle para sua empresa.

Quer conhecer as boas ideias da NSB para esta gestão? Marque uma reunião e leve a gestão de infraestrutura de TI da sua empresa a um nível mais alto.

Neste exato momento, você pode estar deixando de economizar até 40% na sua conta de telefone. O que você está esperando para economizar?

Acabe com isso!

Solicite agora mesmo uma avaliação da sua Gestão de Telecom e economize ainda mais na sua empresa ou negócio.

FALE COM UM CONSULTOR

Posts populares com esse assunto

Quer receber mais conteúdos como esses?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail

2019-06-19T10:36:30-03:00