A importância da prevenção na Gestão da Infraestrutura de TI

A importância da prevenção na Gestão da Infraestrutura de TI
A importância da prevenção na Gestão da Infraestrutura de TI

Negócios de todos os segmentos e portes enfrentam um mercado cada vez mais competitivo em quantidade e qualidade. O crescente uso da Tecnologia no dia a dia das empresas, principalmente nas relações com os clientes, facilita o investimento e a entrada de novos players, com operações de e-commerce, de B2B e o uso intenso dos canais digitais de relacionamento – sites, blogs, redes sociais e automação de atendimento.

Vamos investir em e-commerce ou devemos amadurecer os canais digitais primeiro? O ambiente de rede e as aplicações vão suportar a abertura de filiais? É hora de investir em um sistema de logística para melhorar o atendimento e as entregas, mas o que fazer?

Esses são apenas algumas das muitas situações que uma empresa conectada vive no dia a dia, internamente e na relação com o mercado.

É nesse cenário que a Gestão de Infraestrutura de TI ganhou um papel fundamental para participar de cada decisão de negócio desde o começo, porque os objetivos dependerão dos recursos tecnológicos que a empresa possui  e o quanto ela precisará investir.

Gestão reativa de TI: ela ainda é muito comum

A Tecnologia de Informação ainda sofre, em muitas empresas, com limitações e falta de compreensão exata – por parte dos níveis superiores, principalmente – da importância dos investimentos e, principalmente, da gestão profissional na área.

Muitas empresas – até de grande porte – ainda gerem seus ativos de tecnologia de forma reativa – sempre a partir dos problemas. Isso se deve a alguns fatores:

Limitações orçamentárias

O Brasil ocupa uma posição de destaque no volume de investimentos das empresas em Tecnologia. Porém, esse universo, em quantidade de empresas, ainda é pequeno.

Ainda há, infelizmente, a ideia de que Tecnologia de Informação é uma área geradora de custo a partir de soluções tomadas fora dela. Não há uma visão de TI com um setor altamente estratégico que é para as novas formas de fazer negócios e atender, e os investimentos em suporte e atendimento são pequenos.

Equipes pequenas

As equipes de TI são enxutas – muitas empresas não têm um Service Desk estruturado – e com pessoal sobrecarregado entre atender chamados e pesquisar, comprar e instalar equipamentos, entre outras tarefas. A gestão reativa pode trazer grandes riscos e prejuízos que a organização, muitas vezes, só perceberá em meses ou anos – na hora errada de gastar muito.

As dificuldades em investir e atualizar a infraestrutura de TI mantém nas empresas uma política de gestão reativa – sempre a partir dos problemas de fato, sem uma postura de antecipação.

Como uma gestão reativa pode prejudicar a sua empresa?

Desatualização e obsolescência dos ativos

Aqui falamos de hardware e de software; apenas reagindo, a gestão da tecnologia dificilmente tem tempo e autonomia para propor melhorias duradouras e com isso os ativos correm o risco de tornarem-se desatualizados e obsoletos. Essa situação pode gerar graves problemas de desempenho em um momento de crescimento da empresa ou de alta de vendas.

Repetição de incidentes por falta de rastreabilidade

Pelo envolvimento intenso com ocorrências e outros assuntos, o profissional de TI não tem processo ou tempo para rastrear recorrências, investigar e até mesmo implementar scripts para atender mais rapidamente.

Impacto negativo nas áreas

Atendimentos reativos são combates a incêndios baseados em dados dos usuários e um cenário que precisa de solução urgente. Isso aumenta o risco de má interpretação, falha na investigação e demora no atendimento final.

Custos imprevistos

Nesse quesito podemos usar a máxima de que o barato sempre sai caro: falhas que não foram percebidas antes, não serão evitadas e vão gerar custos indesejados.

Quando falamos de Tecnologia, nenhum custo é baixo. Porém, uma postura preventiva pode reduzir e eliminar muitos deles.

Paralisações de sistemas

Aqui podem estar os maiores prejuízos para o negócio:

  • Perda de vendas e potenciais negócios;
  • Queda da qualidade no atendimento;
  • Impacto negativo na imagem da marca no mercado.

São os custos mais difíceis de serem recuperados, podemos levar meses ou anos para isso.

Um negócio que quer conquistar mercados não pode deixar suas áreas expostas ao que pode acontecer. É preciso investir na prevenção na gestão da Infraestrutura da TI para dar um salto no atendimento às áreas e na produtividade da empresa.

Quais são os benefícios da gestão preventiva da infraestrutura de TI?

De início, certamente vamos lembrar do benefício mais evidente – evitar as falhas. Mas as consequências vão além e podem transformar a prevenção em lucro.

Reduzir custos de manutenção

Agindo na manutenção preventiva, podemos usar soluções antes das falhas que, muitas vezes, são apenas ajustes e configurações e, em casos extremos, podemos programar a substituição do componente. Dessa forma, evitamos os custos emergenciais que sempre serão mais caros.

  • Comprar equipamentos e materiais;
  • Contratar serviços de terceiros;
  • Gastar com horas extras da equipe de TI.

O monitoramento também favorece a manutenção corretiva nas falhas que não puderam ser evitadas, pois o profissional terá mais informação para tomar a decisão. Além disso, ajuda a preservar ou estender a vida útil dos componentes.

Evitar investimentos não planejados

O planejamento de investimentos em Tecnologia, além ser de um trabalho complexo com tantas novidades surgindo, envolve valores altos.

Precisamos definir com exatidão em que a empresa vai investir de acordo com as necessidades e os saltos tecnológicos que ela precisará dar em determinados momentos. Mas e quando um equipamento de rede precisa ser trocado por uma falha repentina?

O monitoramento preventivo acompanha o desempenho dos componentes e se antecipa a uma grande falha, reparando a um custo menor (sem a urgência) ou antecipando a troca mas negociando com o mercado em melhores condições.

Aumentar a eficiência e a motivação dos profissionais da área

Com uma solução de monitoramento, o profissional de TI pode fazer um trabalho analítico que traz mais qualidade à infraestrutura de TI, sem a pressão pela melhor solução em todo momento.

Eles se envolvem mais no planejamento e dedicam mais tempo a conhecer as novidades do mercado e participar de grupos de trabalho que avaliem novas melhorias.

Reforçar a importância de TI e contribuir com a imagem da gestão

Com equipes eficientes e motivadas, reforçamos a importância estratégica de TI e mudamos a imagem de uma área solucionadora de problemas na gestão reativa, para geradora de ideias na gestão preventiva.

Garantir a disponibilidade de equipamentos e aplicações

Esse é o objetivo principal de uma gestão de TI e que só pode ser alcançado se ela dispor de um monitoramento preventivo e permanente. Trabalhar reativamente pode, no máximo, reduzir o tempo de downtime, mas cada minuto representa prejuízos financeiros e de imagem que não serão recuperados. Prevenir garante a presença e a eficiência do negócio no mercado.

Prevenção - Gestão da infraestrutura de TI

Uma solução de monitoramento preventivo é sua grande aliada na eficiência de TI

Ganhar em eficiência e em custos de forma preventiva é impensável em ambientes cada vez mais complexos, como o de tecnologia, sem usarmos uma solução de monitoramento como o CM360, oferecido pela NSB, que permite:

  • Visibilidade de todos componentes do ambiente de TI – softwares e hardwares, incluindo as aplicações de terceiros que acionamos remotamente ou aplicações da empresa acionadas por terceiros;
  • Acompanhamento de performance em tempo real, a partir de métricas definidas e com um sistema de alertas para comportamentos suspeitos;
  • Medição constante através de relatórios e consultas;
  • Redução de custo com a programação de soluções;
  • Disponibilidade máxima a partir das ações que impeçam falhas;
  • Planejamento eficiente de investimentos;
  • Mais confiança da empresa como um todo na performance dos equipamentos e aplicações.

Como podemos ver, monitorar de forma preventiva e permanente é a chave para que a empresa esteja sempre atuante, com os melhores equipamentos e aplicações e equipes mais produtivas e motivadas.

A NSB é especialista em apresentar resultados e tecnologias que dão visibilidade e proporcionam maior performance de gestão para o seu negócio. Uma empresa com soluções integradas, que oferecem em tempo real e com inteligência, os indicadores de performance que trarão riqueza de informação, redução de custos e controle para sua empresa.

Neste exato momento, você pode estar deixando de economizar até 40% na sua conta de telefone. O que você está esperando para economizar?

Acabe com isso!

Solicite agora mesmo uma avaliação da sua Gestão de Telecom e economize ainda mais na sua empresa ou negócio.

FALE COM UM CONSULTOR

Posts populares com esse assunto

Quer receber mais conteúdos como esses?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail

2019-10-21T18:25:54-02:00