Qual a melhor estratégia para TI e Negócio andarem lado a lado?

Qual a melhor estratégia para TI e Negócio andarem lado a lado?
Pessoas montando estratégia de TI e Negócio.

Enquanto de um lado temos o negócio, que necessita e faz uso de ferramentas e sistemas cada vez mais evoluídos em controles e gestão de indicadores, do outro temos a TI, que é responsável por manter funcionando e suportar todos esses sistemas para atender as diversas áreas dentro de uma empresa.

É compreensível que os setores que envolvem a área de TI dediquem um tempo maior reagindo a eventuais problemas do que na tentativa de detectá-los antes que eles causem prejuízos aos principais sistemas da empresa. Para evitar que isso ocorra, mais do que uma equipe pró-ativa é extremamente necessário o monitoramento prévio do ambiente de TI.

Esse monitoramento envolve mais do que apenas garantir que sua infraestrutura esteja operando como o esperado: trata-se de um elemento vital para criar e modelar sua estratégia de infraestrutura.

Compreender e acompanhar de perto os dados relativos às áreas de infraestrutura é o que vai ajudar você e seu negócio a fundamentar o processo de tomada de decisão.

Por onde começar?

O monitoramento da infraestrutura depende de uma plataforma que realize o acompanhamento eficaz dos dados. São elas que ouvem, reúnem e correlacionam eventos de aplicativos críticos e seu ambiente de TI subjacente.

Por onde começar a unir TI e Negócio.

Uma plataforma bem definida permite que os administradores do sistema migrem dinamicamente para outra tecnologia ou arquitetura que seja dimensionada sob demanda, além disso, ela também se interliga a servidores, sistemas e ferramentas de monitoramento.

Por que vale investir em monitoramento de TI?

A TI tem se tornado cada vez mais estratégica e alinhada aos objetivos de negócio de cada empresa. Isso porque os profissionais que atuam em tecnologia assumem papel importante na garantia da alta disponibilidade dos ambientes e precisam evitar interrupções nos serviços. Porém, quando o profissional de monitoramento de TI não dispõe de ferramentas corretas, o processo se torna exaustivo e demorado.

Dependendo do porte de cada empresa, problemas corriqueiros, como uma troca de componente em um servidor, pode se tornar uma dor de cabeça pela freqüência com que as máquinas apresentam problemas, softwares necessitam de atualizações e a segurança digital possui falhas que propiciem ciberataques.

O monitoramento de TI se torna importante porque vai além da ação reativa, a tentativa de solucionar um problema apenas na hora em que ele aparece. A ação de monitorar o ambiente traz muitos outros benefícios por ser proativa.

Os principais problemas que nos levam a buscar um monitoramento de TI eficaz são:

  • Falhas nos sistemas que imobilizam recursos;
  • Lentidão dos softwares, causada por motivos desconhecidos pelo gestor;
  • Dificuldade em mensurar indicadores qualitativamente;
  • Identificação antecipada dos problemas da área de TI;
  • Alinhamento da TI ao negócio da sua empresa.

Tomar decisões embasadas em dados confiáveis

Entender e acompanhar os dados relativos à sua infraestrutura, para fundamentar o processo de tomada de decisão, deve ser considerada uma rotina estratégica que potencializa a capacidade de a empresa se preparar para eventuais problemas ou incidentes. A identificação de padrões do ambiente é importante para evitar períodos de indisponibilidade. E tudo isso se torna possível com a união de TI e negócio.

Análise de dados: a união de TI e Negócio

Quais são as principais vantagens em monitorar sua TI?

  • Prevenção de falhas;
  • Redução de custos;
  • Eficiência e foco das equipes;
  • Potencialização da vida útil dos equipamentos;
  • Valorização da área de TI.

A análise antecipada do seu ambiente de TI significa maiores chances de evitar interrupções. Monitorar padrões de falha e efetuar verificações regulares de integridade estrutural permite identificar inconsistências em seus sistemas e entender as correlações.

Sem isso, como você saberá que os sistemas estão ficando sem capacidade? Nesse caso, a intervenção só virá quando ocorrer um problema e quando já for tarde demais para efetuar ações preventivas.

Você sabe a dimensão de uma queda de sistema na sua empresa?

  • Paralisação de atendimento e de vendas, presenciais e/ou online;
  • Perda de faturamento;
  • Problemas na logística das vendas fechadas;
  • Atrasos nas rotinas com bancos e fornecedores;
  • Ruídos na relação dos profissionais de TI com a organização;
  • Pagamento de horas extras para a equipe de suporte corrigir o problema e para as equipes operacionais regularizarem atrasos;
  • Custos adicionais de serviços de terceiros, para reparos;
  • Impacto negativo na imagem da empresa no mercado.

A situação pode se agravar quando o problema é recorrente. Mesmo assim, ainda há muitas empresas que adotam soluções reativas na gestão dos recursos de TI, focadas apenas no tratamento dos problemas, sem um trabalho de “detecção antes da falha”.

É importante que as instituições adotem uma postura preventiva no controle dos seus ativos de TI, para reduzir os incidentes e os seus efeitos negativos sobre os negócios.

Por essa razão a NSB desenvolveu o ITSM CM360 Monitoramento de TI.

O ITSM CM360 Monitoramento de TI é um módulo da solução de sistemas ITSM CM360, que faz o acompanhamento constante de toda a infraestrutura de TI da sua empresa – as aplicações (software) e os equipamentos (hardware) que estiverem conectados à rede.

Ele permite que os gestores tenham visibilidade completa e permanente de todos os ativos que compõem a malha de tecnologia da companhia e o desempenho deles em tempo real. Desta forma, é possível perceber que determinado equipamento ou aplicação está apresentando um comportamento anormal em relação aos parâmetros que são pré-definidos no sistema. O módulo atua de forma preventiva, impedindo que falhas ocorram e evitando que funcionamento da empresa seja prejudicado, gerando custos adicionais e não orçados.

Como o ITSM CM360 Monitoramento de TI atua?

Em linhas gerais, o monitoramento funciona a partir das seguintes definições:

  1. Lista completa de ativos – hardware e software – que serão monitorados. Esse trabalho pode ser feito em conjunto com outra solução NSB, o ITSM CM360, que gerencia o inventário de Telecom
  2. Os intervalos de monitoramento de cada item, variando de acordo com o estado crítico e a situação de estabilidade deles no Mapa de Tecnologia
  3. Os parâmetros de desempenho a serem usados em cada componente (para gerar alertas amarelos) e quais dados deverão estar disponíveis para a análise dos especialistas
  4. Os parâmetros de desempenho a serem usados em cada componente (para gerar alertas vermelhos) e quais dados deverão estar disponíveis para a análise dos especialistas
  5. Como você pode observar, cada componente é monitorado tanto por seu papel dentro da infraestrutura, quanto isoladamente, para que os técnicos possam avaliar as opções de solução (preventiva ou corretiva). Isso demonstra a importância que o ITSM CM360 Monitoramento de TI dá às decisões, para que o impacto sistêmico seja o menor possível, evitando altos custos e longas manutenções.

Investir no aprimoramento e eficiência de ativos gera resultados melhores, mais claros, organizados e com grandes possibilidades de crescimento para o setor de TI.

Uma gestão de ativos de TI bem feita, é capaz de mudar a rotina da empresa, de maneira positiva. Os processos, tanto os mais específicos quanto os do dia a dia, se tornam mais ágeis, eficientes e produtivos, gerando assim resultados melhores.

Homem de negócios feliz.

Enfim, fica claro que o monitoramento de TI, em todos os aspectos, é de extrema importância e essencial para a manutenção das informações gerenciadas pela sua empresa. Com uma ferramenta apropriada e uma equipe capacitada, é possível fornecer flexibilidade, agilidade, customização e crescimento.

Se sua empresa ainda não coloca em prática o monitoramento de infraestrutura de TI, chegou o momento de mudar isso.

A NSB tem soluções ideais para você e seu negócio. Conheça todas as opções que podemos oferecer!

Neste exato momento, você pode estar deixando de economizar até 40% na sua conta de telefone. O que você está esperando para economizar?

Acabe com isso!

Solicite agora mesmo uma avaliação da sua Gestão de Telecom e economize ainda mais na sua empresa ou negócio.

FALE COM UM CONSULTOR

Posts populares com esse assunto

Quer receber mais conteúdos como esses?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail

2019-12-05T18:50:22-03:00
EnglishPortugueseSpanish